Início » Simpatias Poderosas » Simpatias funcionam ou não?

Simpatias funcionam ou não?

PublicidadeO Milagre do Sono do Bebê - O guia que fornece uma solução simples e fácil de aplicar para regular os hábitos de sono das crianças
Clique aqui e obtenha o seu guia

Uma das dúvidas mais comuns entre as pessoas é se as simpatias realmente funcionam ou não. Existem diversas variantes que podem influenciar no resultado do ritual, o que inclui o próprio praticante com a sua intenção. Nós vamos explicar melhor se as simpatias funcionam ou não e o que fazer se não tiver resultados.

O que são simpatias?

Em suma, simpatias são rituais práticos usados pelas pessoas com o intuito de conduzir a energia do universo para um determinado fim. Segundo estudiosos, as simpatias estão ligadas ao povo de origem campesina, sendo repassadas de geração em geração aos mais novos. Além disso, os rituais estão muito conectados as superstições, sendo considerada uma espécie de feitiço ou bruxaria mais simples por alguns praticantes.

Tipos de Simpatias

O termo simpatia deriva de “simpático” com a finalidade de ser semelhante a algo, de acordo com os praticantes. É baseada na ideia de causa e consequência, onde você precisa fazer uma ação para obter uma reação. Logo, não existe uma simpatia sem uma intenção por trás dela ou mesmo uma ação para se concretizar.

Mesmo que não perceba, você realiza pequenas simpatias em seu cotidiano, desde as coisas mais simples, até algo mais complexo. Por exemplo, bater na madeira pedindo proteção, evitar passar debaixo da escada ou pular sete ondas durante o Réveillon.

Veja também: Guia Completo Simpatias >

Por que e para que são usadas?

As simpatias são usadas pelas pessoas para superar situações difíceis em que nós não temos controle absoluto. Por exemplo, quando estamos com problemas financeiros, no amor ou queremos ver um pedido realizado. Assim que uma simpatia é feita, é dado para o universo a tarefa de nos ajudar com essas dificuldades.

Simpatia para afastar tristeza

Contudo, é bastante comum a associação preconceituosas com a figura de ciganos e bruxas por parte de algumas pessoas. É preciso deixar bastante claro que as simpatias em si não são más e servem principalmente para nos ajudar em momentos difíceis. Por isso que nós devemos olhar para o caráter de alguém, as suas intenções em relação ao ritual antes de sair julgando. Afinal, existem aqueles que podem querer o seu mal por algum motivo.

Mesmo assim, as simpatias são usadas com muito mais frequência para coisas boas, inclusive proteção. Além disso, a associação com animais também é válida, de modo que você possa ganhar algum atributo pessoal dele. Por exemplo, usar um amuleto com o formato de olhos de gato para enxergar melhor no escuro. Por fim, cabe ressaltar que simpatias com a finalidade de fazer mal a alguém podem causar problemas para quem as realiza.

Por que umas funcionam e outras não?

Afinal de contas, simpatias funcionam ou não? Quando estamos fazendo algum ritual precisamos levar em conta que a nossa intenção é parte fundamental dele. Ou seja, pensar positivo serve como combustível para que o seu desejo possa dar certo. Por isso que você não deve realizar um ritual sem acreditar que ele dará certo.

Todavia, nós queremos esclarecer que as simpatias não visam acabar com o livre-arbítrio das pessoas. Na verdade as amarrações favorecem as energias que continuam presentes em nossas vidas, mesmo que estejam enfraquecidas. A ideia é fazer uma soma e não substituir vontades para que apenas uma pessoa possa sair ganhando.

Quantas Simpatias Posso Fazer por Dia?

Assim, se você quer alguém de volta e essa pessoa ainda te tem no coração é possível fazer com que seus caminhos se cruzem. Por meio da simpatia você pode favorecer essa pequena força para que o amor entre vocês se encontre e se equilibre. Porém, se essa pessoa não sente mais nada por você é praticamente impossível que a amarração tenha algum efeito sobre ela.ad

Se você fizer amarração para alguém que não te quer mais pode apenas trazer a energia que causa apego. Desse modo, terá alguém possessivo e com bastante ciúme, algo que, certamente, você não deseja.

O que fazer quando não resulta?

A respeito da questão sobre se as simpatias funcionam ou não, surge a dúvida do que fazer se nada acontecer. Caso o ritual não funcione, entenda que o resultado não poderia ser benéfico para vocês como esperava. Lembre-se que a energia universal também tem consciência e busca manter equilíbrio no universo. Se uma simpatia não deu certo, reflita a respeito desse momento e entenda as consequências da sua intervenção na vida de alguém.

Além disso, quando se perguntar se simpatias funcionam ou não, você precisa ter em mente a questão da harmonia entre as coisas. Em outras palavras, quando você mentaliza uma vontade com determinada carga energética, existe outra carga oposta e equivalente. Com a finalidade de se manter equilibrado, o universo compensará a força da sua simpatia com uma energia agindo ao contrário.

Calma, isso não significa que os seus pensamentos estejam errados, comprometidos ou a sua fé deva ser abalada. A ideia é que você esteja ciente de que a sua intenção deve encontrar lugar no tempo e espaço para ser concretizada. Dessa forma, o seu desejo acontecerá no momento em que deve acontecer.

Ainda assim, se a simpatia que você fez não deu certo, não desanime. É o momento para você avaliar se esse é realmente o seu desejo e as consequências desse ritual. Caso a resposta seja afirmativa, basta tentar o ritual novamente após um tempo para a simpatia anterior não interferir.

A respeito de se as simpatias funcionam ou não, uma pessoa deve levar em consideração as nuances do ritual. Ou seja, deve pensar se o seu desejo quebra o livre-arbítrio de alguém, fará mal a vocês ou causará sofrimento a terceiros. Lembre-se: se um desejo for justo, mas não for atendido agora, o universo encontrará o melhor momento para concretizá-lo.

Não perca também: Porque as simpatias não dão certo? Artigo completo >